DEM lança ACM Neto como pré-candidato à Prefeitura de Salvador

Heliana Frazão
Do UOL, em Salvador

A pré-candidatura do deputado federal ACM Neto à sucessão municipal da capital baiana foi confirmada nesta segunda-feira (23) durante evento realizado pela Executiva Estadual do Democratas em Salvador, na Bahia, que contou com a presença do presidente nacional do partido, o senador potiguar José Agripino Maia, responsável por fazer o convite ao político baiano, neto de Antônio Carlos Magalhães.

Disputas eleitorais pelo Brasil
Veja Álbum de fotos

“O momento de definição chegou. ACM Neto, atenda o pedido do seu partido e aceite ser candidato a prefeito de Salvador”, declarou Maia. Aparentando estar emocionado, o deputado ACM Neto aceitou a convocação e disse que pretende reunir em torno da sua candidatura cerca de 10 partidos.

“Estamos dando mais um passo para a discussão sobre a sucessão em Salvador. O DEM não deixará de dialogar com demais partidos e vai tentar, ainda no primeiro turno, unir todos. Mas, se não for possível, temos que ter a maturidade de entender que o resultado final tem que ser a vitória para Salvador”, afirmou o presidente da sigla. “Eu sei que não posso errar e não vou errar”, decretou Neto, referindo-se a uma suposta administração municipal sua.

Agripino Maia também enfatizou que decisão pela pré-candidatura de ACM Neto não inviabiliza a união das oposições e também negou que as negociações com PSDB e PMDB para uma candidatura única, capaz de fazer frente ao pré-candidato petista, deputado federal Nelson Pelegrino, tenham sido interrompidas:  “Foi uma tomada de posição do partido”.

Partidos se movimentam na capital baiana

Na última sexta-feira (20), o PSDB também reuniu a Executiva Estadual para discutir o cenário local. O encontro fortaleceu o nome de Antonio Imbassahy,  deputado federal e ex-prefeito em dois mandatos (1997/2004), mas não houve confirmação da sua pré-candidatura. Em nota, o partido afirmou que se mantém conversando, principalmente com o PMDB, liderado no Estado por Geddel Vieira Lima, que atualmente é um dos vice-presidentes da Caixa Econômica Federal.

Embora não tenha realizado qualquer evento público, os peemedebistas mantém a aposta no nome do radialista e também ex-prefeito de Salvador Mário Kertész. O partido foi o primeiro a admitir publicamente a dificuldade para efetivar a aliança. Ainda em janeiro, utilizando os microfones de sua rádio, a Metrópole, Kertész chegou a anunciar que abandonara a perspectiva de lançar-se candidato diante de iniciativas autônomas de ACM Neto. Cerca de dois meses depois, o radialista voltou atrás e retomou a disposição política, mas enfatizou que seria candidato ainda que sem sintonia absoluta das três forças.

Fato é que, de público, os três partidos continuam pregando a busca pelo consenso. A cientista política da Universidade Federal da Bahia (Ufba) Analice Alcântara considera  complicado criar unidade quando nenhuma das legendas em questão admite abrir mão do posto. “Nas entrelinhas o que verificamos é um discurso do tipo eu quero apoio, mas eu defino as regras. É o que está acontecendo, todos tem candidato, e ninguém quer abrir mão”, avalia, enfatizando que ainda é prematura uma definição sobre essa questão. “O processo eleitoral está apenas começando. Há muito a negociar”, acrescenta.

Enquanto os oposicionistas não se entendem, Pelegrino segue trabalhando em duas frentes, desde que teve o nome confirmado como representante do PT à corrida sucessória no Palácio Tomé de Souza, em dezembro de 2011: a primeira delas nas articulações com a base governista, visando evitar um racha, uma vez que a também deputada federal Alice Portugal (PC do B) defende candidatura própria do seu partido.

Em outra frente, o petista começa definir o seu plano de governo, com a ajuda de técnicos e especialistas, além da intensa movimentação em eventos públicos. Em média são dez por dia, excetuando-se quando está em Brasília a serviço do mandato parlamentar.  “Nelson tem trabalhado intensamente, são cerca de 12 horas de trabalho por dia”, dizem assessores.

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos