Quanto mais me acusam, mais subo nas pesquisas, diz Lula

Do UOL, em Brasília

  • Nelson Almeida/AFP

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou neste sábado (27), por videoconferência em uma reunião da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura), que os esforços para impedir sua candidatura à Presidência apenas o tornam mais forte.

"Não querem que eu seja candidato porque quanto mais me acusam, quanto mais me perseguem, mais eu subo nas pesquisas", declarou Lula em um discurso transmitido a um congresso sobre a luta contra a fome da FAO em Adis Abeba, na Etiópia, do qual Lula deveria ter participado. 
 

Lula foi condenado na última quarta (24) pelo TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) a 12 anos e um mês de prisão no chamado caso do tríplex no Guarujá (SP). Ele viajaria nesta sexta para a Etiópia para participar de um evento da FAO  sobre a erradicação de fome no mundo. Entre as atividades previstas, Lula faria um discurso sobre ações de seu governo no Brasil, como o programa Fome Zero.

A viagem, no entanto, foi abortada depois que o juiz federal Ricardo Leite decretou a apreensão do passaporte do ex-presidente, na última quinta-feira (25). Leite, da 10ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal, atendeu a um pedido do MPF (Ministério Público Federal) relativo ao processo que apura o suposto pagamento de propina a Lula no episódio envolvendo a venda de caças para a FAB (Força Aérea Brasileira). O magistrado justificou a decisão alegando que haveria o risco de Lula "fixar residência" em outro país. 

  • 51657
  • true
  • http://noticias.uol.com.br/enquetes/2018/01/26/considerando-o-que-foi-revelado-pela-operacao-lava-jato-ate-o-momento-e-a-condenacao-em-2-instancia-lula-deveria-ou-nao-ser-preso.js


"Sabem que se for candidato - contra os meios de comunicação em meu país, contra as elites brasileiras - minhas possibilidades de ganhar as eleições no primeiro turno são absolutas", disse Lula na videoconferência.

Lula criticou, mais uma vez, a Operação Lava Jato e disse que o Brasil vive uma "ditadura" conduzida pelo Poder Judiciário. 

"Nós vivemos um momento de uma ditadura de uma parcela do Poder Judiciário, sobretudo o Poder Judiciário que cuida de uma coisa chamada Operação Lava Jato", disse o ex-presidente. 

A entrega do passaporte do ex-presidente à Polícia Federal foi feita na última sexta-feira (26) pelos seus advogados. 

Segundo a defesa de Lula, a decisão do juiz Leite impede o direito de ir e vir do ex-presidente, tal como assegurado pelo artigo 5º da Constituição Federal, e não há ainda nenhuma decisão condenatória definitiva contra Lula, mesmo no âmbito do TRF-4. Os advogados afirmam, ainda, que a decisão de Leite faz referência ao julgamento realizado pelo TRF-4 --Tribunal a que ele não está vinculado.

Os advogados de Lula ainda dizem que nenhum dado justifica a afirmação de que haveria possibilidade de Lula pedir asilo político na África.

"É preciso demonstrar que a decisão ora impugnada, com o devido respeito, baseia-se em suposições, sofismas e falsas premissas", dizem os advogados de Lula no habeas corpus enviado ao TRF-1 .

Joel Silva/Folhapress
26.jan.2018 - O advogado Cristiano Zanin Martins chega à sede da PF em São Paulo para entregar o passaporte de Lula

Além disso, a defesa alega que a viagem de Lula para a Etiópia, com volta marcada para o dia 29 de janeiro, havia sido comunicada ao Tribunal antes mesmo do julgamento de quarta-feira, e que a intenção de Lula de permanecer com residência no Brasil foi reafirmada pelo lançamento de sua pré-candidatura à Presidência na última quinta. 

"A verdade é que não há nenhuma evidência, ainda que mínima, de que o Paciente pretenda solicitar asilo político em qualquer lugar que seja ou mesmo se subtrair da autoridade da decisão do Poder Judiciário Nacional", afirmam os advogados.

"Saliente-se, ainda, que o alegado temor de fuga não se compadece com a realidade tecnológica atual que tornou o Planeta um lugar onde não há mais refúgio que se possa ocultar", diz ainda a defesa. (*Com informações da AFP)

Lula pode ser preso após condenação?

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos