30/09/2010 - 18h13

TSE fará campanha por "um documento só" na hora da votação

Camila Campanerut
Do UOL Eleições
Em Brasília

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) e presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Ricardo Lewandowski, informou nesta quinta-feira (30) que a Justiça Eleitoral deve começar ainda hoje uma campanha na televisão e no rádio para explicar aos eleitores a decisão da Suprema Corte de que não será mais obrigatório a apresentação de dois documentos (o título de eleitor e um documento oficial com foto) no dia da votação.

“Já estamos elaborando uma campanha no rádio e na TV para esclarecer o eleitor sobre a decisão que o Supremo Tribunal Federal acabou de tomar", afirmou Lewandowski durante o intervalo da sessão do STF. "Se houver qualquer dúvida, o presidente da mesa [da seção eleitoral] pode fazer as indagações que considerar necessárias. O título não perde a utilidade, mas em médio prazo, com a votação biométrica [via identificação por impressão digital] essa exigência passará a ser obsoleta”.

Por oito votos a dois, os ministros seguiram a relatora Ellen Gracie no entendimento de que a “ausência do título de eleitor não poderia tirar o direito do cidadão de votar”.

Antes de sair para a sala reservada dos magistrados, Lewandowski pediu a população que vote no dia 3 de outubro de forma consciente, “examinando o passado de cada candidato e as propostas de cada político”.
 

 

Sites relacionados

Siga UOL Eleições

Hospedagem: UOL Host